Em uma de suas últimas entrevistas pouco antes de morrer em 2016, o escritor italiano Humberto Eco, aos 84 anos, alertou que “as redes sociais deram voz a uma legião de imbecis”. Não poderia estar mais correto.

Continue lendo