Galãs Feios

A cultura do macho alfa tem que acabar

Desde que virou moda ser metido a viking apenas porque a pessoa usou minoxidil para criar pelos faciais, toda uma cultura de macho alfa surgiu nas redes sociais.

Com uma mistura de auto ajuda e neoliberalismo regressivo (onde a pessoa apoia a modernidade na economia, mas é fiscal de cu alheio), homens que não sabem nem trocar um chuveiro sem parar na UTI da Santa Casa começaram a se achar o guerreiro nórdico nascido em Osaco.

Continue lendo

100% de aproveitamento zero: Fiuk consegue ir mal como ator e cantor

 

Já não é novidade o fato de que Fiuk é um famoso com 100% de aproveitamento zero: consegue ser ruim como ator e também como cantor.

Diferente do pai dele, que é um canastrão dos mais bem sucedidos, Fiuk é inexpressivo e manda mal desde a época da banda Hori (para quem não lembra, era uma versão menos talentosa do Restart – acredite, isso foi possível).

Continue lendo

Aprenda que seu textão burro e mal diagramado não serve pra nada

Em uma de suas últimas entrevistas pouco antes de morrer em 2016, o escritor italiano Humberto Eco, aos 84 anos, alertou que “as redes sociais deram voz a uma legião de imbecis”. Não poderia estar mais correto.

Continue lendo

As frases mais escrotas de Dado Dolabella e Zezé Di Camargo

Hoje estamos aqui apenas para destilar ódio festivo gratuito contra duas pessoas que merecem, né? Dado Dolabeuty (Dolabella) e Zezé Di Camargo.

Os galãs que fazem o tipo “gente lixo” que infelizmente temos o desprazer de dividir a Terra. Selecionamos algumas frases que estes baluartes do chorume falado emitiram.

Um se diz feminista e o outro afirma que nunca existiu ditadura no Brasil. Comente quem fala mais escrotices e sugira outros nomes e frases que nos deixam com vergonha alheia na primeira sílaba.

Foto com o pé na pia é a nova moda entre famosos do Instagram

A nova moda entre celebridades de Instagram que você não sabe direito o que faz para sobreviver e porque se tornou famoso é tirar foto com o pé em cima da pia.

A ideia, claro, surgiu para que eles mostrem os sapatos e continuem ganhando permuta de marcas de calçados.

Continue lendo

Se o cara fica bem em colete de couro, calvo ou de bigode, é porque é bonito mesmo

Por Helder Maldonado

Beleza é subjetiva. Eu sei. Vai do olhar e do gosto de cada um. Mas assim como os clássicos da música e do cinema, existem certas coisas que são unanimidades porque boas de verdade. Tipo O Poderoso Chefão. E todos os discos do David Bowie. E Marília Mendonça. E As Branquelas (é bom demais, sério).

Mas algumas pessoas provam que não só são verdadeiramente bonitas, como ainda testam os limites do bom gosto para provar o seu ponto.

É o caso, por exemplo, do cantor Bon Jovi. Nem o hétero mais viril e com excesso de testosterona vai negar que o cantor de New Jersey é de fato bonitão.

Continue lendo

Paulo Zulu: “Não quero que ninguém fique comigo por que tenho um membro diferenciado”

Em entrevista ao blogueiro Paulo Sampaio, da Folha de S. Paulo, Paulo Zulu superou todos os limites da autoestima da porra e comentou que espera que nenhuma mulher tenha atração por ele só por ser dono de um volume nada morto.

A declaração surgiu quando o jornalista questionou o modelo e ator sobre a foto em que ele aparece peladão e que foi vazada em setembro de 2016.

Continue lendo

Estrangula, bate e afoga! Relembre os galãs feios na Banheira do Gugu

OE OE OE OE! UBA UBA UBA HEY! Que maravilha poder ouvir esta música enquanto famosos como Alexandre Pires, Compadre Washington, Tiririca e Xandy se digladiavam na Banheira do Gugu com suas bolas e cofres aparecendo em pleno domingo na hora do almoço.

Era uma garfada na macarronada e um olhar na TV. Tempos em que a TV era praticamente um pornô soft 24 horas por dia. Marco Bezzi e Helder Maldonado discutem este quadro que deixou saudades em muitas famílias brasileiras.

É treta! Não mexa com os fãs do Axl Rose. Confira os comentários que recebemos

Fanáticos são normalmente seres insuportáveis. Diante de um argumento que não os satisfaça, se armam dos adjetivos mais comuns a esse tipo de ser: intransigentes, intolerantes, autoritários, cabeças-dura. Isso porque não conseguem enxergar graça na vida e nunca estão abertos à discussão. Tratam seus ídolos como mártires, santos.

Continue lendo

Três homões da porra na noite de Aerosmith e Def Leppard. E um deles, sem um dos braços

Foram necessários 32 anos para que Rick Allen pudesse debutar em um Rock in Rio. Em 1985, às vésperas da primeira edição do festival, o baterista do Def Leppard sofreu um acidente de carro e teve de amputar o braço. A banda foi substituída pelo Whitesnake. Para 100% de nós mortais, seria o fim de sua carreira. Mas Allen, com o apoio dos companheiros de banda e do produtor Robert “Mutt” Lange (AC/DC), decidiu que não desistiria do seu sonho.

Continue lendo

« Older posts